quinta-feira, 30 de julho de 2009

Emaranhado.

São dias, noites, semanas, meses e até anos tentando consertar aquele silêncio incômodo, uma sensação de distância, uma constância da falta que assusta.
O toque não passa da epiderme. O vínculo, um vício.
Eu queria me desvincular dessa rotina ordinária. Não de fazer, mas de sentir.
Minha vida ainda é breve, ainda é nova, e eu me sinto tão gasta, tão ridiculamente usada.
Aos poucos me canso de sofrer. Me nego, me afasto do límpido.
Minto para me tentar fazer feliz. As coisas são simples quando não pensadas e não tocadas, é
que quero além da matéria.
Meu coração se secou. Sou um deserto por dentro e por fora.
Vivo num tempo destrinchado em memórias, tempo de espera contínua.
Meu desespero é incompreendido. Se falado ou calado, é sempre loucura.
É estranho sentir dormência quando a outra metade grita.
Acho que parte de mim é vontade, a outra parte é medo de me enfrentar.
Na verdade eu não quero ter que me apegar. Sei que num breve fim, tudo se aleja de mim.
Devo parar com a mania de querer limpar os sujos e adestrar o mundo, já que ele não me pertence e eu jamais pertencerei.
A vida tenta me regrar e eu escapo. Sou sempre o acúmulo de células que caminha, que pressente, que agrava.

10 comentários:

Beatriz disse...

"É estranho sentir dormência quando a outra metade grita.
Acho que parte de mim é vontade, a outra parte é medo de me enfrentar". Eu tenho medo de enfrentar a realidade, sair do sonhos e e realizá-los. Me sinto impotênte, incapaz. Mas quero tanto as coisas e também quero tanto realizá-las que o tempo vai passado e não sei se fiz alguma coisa de útil. É isso que dá refletir mesmo.. rs Bjoss

debora.astrolog disse...

Impressionante como você consegue expressar o que é, à primeira vista, pura irracionalidade (emoções). E como consegue organizar esse "emaranhado" em puro lirismo.
Vou me repetir: adoro o teu texto e você para mim já é uma grande poetisa.

Vanessa disse...

É difícil achar uma só frase com que eu me identifique mais, nesse texto. Simplesmente, sem palavras!
_
E sim, eu te sigo agora, novamente. Meu twitter anda louco desde o uns dias atrás, quando limpei meus followers, ele tem deletado alguns followings, e acho que te sortearam, haha!
Foi através do twitter que cheguei ao teu blog, e através do Andreoli (meu preferido no CQC, haha) que cheguei ao teu twitter! Haha!
E nosso amigo em comum é o Rolha (Rafael Erdei).
Pode deixar que te dou um "alô" no twitter :)

Beijão ;*

carlinhos de lima disse...

Mel, tem horas que tenho vontade de te sugerir outras leituras. Mas receio de alguma forma agredir um caminho.
Talvez conhecer o desconhecido possa vir a ser motivo de grandes ou inúteis descobertas.
Mas - assim me parece - pelos teus densos textos uma falta, uma necessidade de busca de desconhecidos. Não pessoas.
Talvez possa ser apenas uma sensação que me passa. Erradamente.
Talvez por eu estar em constantes descobertas de desconhecidos. Ou revendo conhecidos que há muito não os via. Ouvia. Sentia.
Sei lá...

@M disse...

Meu deus, AMEI seu texto. Tem tudo a ver comigo. Muito lindo mesmo.
Você escreve maravilhosamente bem. AUHAU vou salvar esse texto, lindo mesmo.
Beijos

Lu´S disse...

amei!!

Erika disse...

(...)'Reerguer forças é necessario
E o comprimido não ajuda. É fraco.
Tão fraco quanto eu, que já não suporta a crise (...)"
É isso que lhe digo, Mel: Reeguer forças é necessario. Imprescindivel...! Voce tem força. E esse texto é exemplo de força, apesar de dizer o contrario. Voce é forte por sentir e acreditar.

Lorrayne disse...

Quero que saibas que tens aqui uma admiradora ignota.
Seu talento é assustador. A forma como descreve os sentimentos humanitários, as pertubações.
Você fez reviver a medíocre escritora que vivia dentro de mim, por achar impossível me elucidar através das palavras. Você me provou o contrário.
Parabéns pelo talento!

Bruna Uliana. disse...

O bom é que você não enfeita os seus textos. Você é direta, se expressa de maneira crua, que até assusta. É por isso que seus textos me prendem do começo à última linha.
Um beijo. :*

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Visitas