segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Days are lazy, days are tired, days are wasted... as I am.

Mastigar uma borracha com gosto de menta para disfarçar a ansiedade. Borracha que, vive mais que você e engana tão
bem quanto. Pedaço de mentira que se mastiga.
Beber água para afogar a sede, amaciar a garganta. Sim, me destrói insistir.
E então, encarar meus olhos fundos e cansados de frente para o espelho. Encarar teu olho grudado no meu, essa
insistência de tentar me ler, não, não vai dar certo. Se nem eu me sei, então não tente me saber. Suas mentiras
são fatais porque são ditas de encontro com meu olhar. E eu vou sempre sofrer por sentir que não sou sentida como
deveria ser. Por favor, saia. Não entre se não souber lidar comigo. Não quero essas idas e vindas, estas facadas
diárias deste sentimento tão doce e tão cruel.
Entrei numa rotina que parece impossível de acabar. Tem sido insuportável amanhecer sempre com fadiga na alma.
Preciso tanto sentir. Preciso tanto provar pra mim mesma que estou viva, que existem os dias de plena felicidade,
os momentos de êxtase sem substâncias, mas não, eles parecem cada vez mais distantes.
Eu imploro: me deixa seguir. Essa dor me regride. Não admito estes meios termos, essa falta de coragem de se
encarar. Tem uma parte em mim que é linda e eu não quero perdê-la.

10 comentários:

Vanessa disse...

Ridiculamente sincero e perfeitamente lindo!

Já não preciso dizer o quanto tu me deixa sem palavras em cada trecho, né?
Já é clichê, mas não tem como, nada que eu diga aqui, conseguiria transparecer tudo o que eu senti, quando li tuas palavras! Belas palavras!
Um beijo Mel!

Maur Barroso disse...

o engraçado é que sempre achamos que tudo que sentimos é somente nosso, quando na verdade, há mais gente na mesma luta que a gente. É, de certo modo, confortante.

M disse...

Ah, por que o que sentimos é tão parecido? Você escreve pra mim, cada vez tenho mais certeza disso.
Beijos!

Beatriz disse...

Eu não sou a única a me ver em teus posts e isso é meio estranho. Somos tão únicos e tão comuns ao mesmo tempo. Claro que não sou vc "esculpida em carrara" (não cuspida e escarrada rssss), mas as semelhanças entre as pessoas vão além de uma simples mania, um simples gosto.

Adorei a "borracha que engana"..!!!

Beijosss

Erika disse...

Eu demoro a passar aqui, mas a cada entrada nesse blog me surpreendo mais. A cada post há uma escrita descrita. São sentimentos, emoções, fatos, realidade, ficção, tudo em um unico lugar. E o melhor: reunidos em uma escrita poetica. É uma delicia apreciar cuidadosamente sua escrita, é uma degustação rara, cautelosa com uma pitada de lógica, romantismo... é deliciosamente inexplicavél, mas sentida. Amei esse texto.

Mari disse...

Melina, sempre lindo.

"Sim, me destrói insistir."

Cada frase sua, explode!

Beijo

Anah F.S. disse...

Me perdi nas tuas palavras e no tempo

Devo dizer que revirei seu blog inteiro e não consegui sequer parar antes de apreciar cada palavra, cada texto seu


Escreves maravilhosamente de dentro para fora

E tudo tão intenso

Bruna Uliana. disse...

"Eu imploro: me deixa seguir. Essa dor me regride. Não admito estes meios termos, essa falta de coragem de se
encarar. Tem uma parte em mim que é linda e eu não quero perdê-la."

Por que sentimos tão igual?

Amanda Florenzano Penha disse...

ualllll *-*
adorei teu blog ja estou seguindoo (:
passarei mais frequentemento por aqui
beijos

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Visitas