sexta-feira, 19 de março de 2010

Foi naquele sábado cedo que descobri que não sirvo. Não para os mesmos lugares, as mesmas pessoas, os mesmos sofrimentos, as mesmas ternuras. Aqui tudo é plural.
Entrou, deixa a porta aberta que o mundo é meu achego. Quero para estes dias, sutilezas internas,
e o descompromisso de aturar tudo o tempo todo. Todo minuto é um: sou só começos.

12 comentários:

Luanne de Cássia disse...

sim, quero ser começo tambem. Só não acho fácil!
lindo :D
bjo

dianaBruna disse...

I found myself in wonderland ♪
tirei da música tema do filme Alice [da Avril Lavigne].
#encantada com a história de Alice desde sempre.
=*

Diniz Neto disse...

Muito bom!

Luiz Cunha disse...

Não consigo parar de ler as coisas que aqui vejo, estou me perdendo e me achando ao mesmo tempo.

Camila . disse...

Quero recomeçar,
parar de me perder em palavras,
e começar a transformas minhas realidade nelas.
Quero ser feliz, pois, pra mim,
é a única coisa que importa,
o resto de ajeita num toque de mágica.

Bonito 'texto' !
Beijos.

menina-normal.blogspot.com

Camila . disse...

Transformar*
Minha*
Se*

Errei tudo, rs

Thay Santos disse...

Muito bom! Você tem futuro! Parabéns Mel.

Layz Costa disse...

Lindo, isso foi o que eu quis dizer lá no blog hoje. =)
Perfeito.

Camila disse...

seria ótimo se todos fossem só começos,mas de coisas boas:)

Mulher na Polícia disse...

Pronto!

Achei um blog daqueles que fazem os olhos brilharem!

Dá até trabalho pra explicar!

Textos ma-ra-vi-lho-sos!

É sim!

A.P. Sampaio disse...

Fantástico!

A.P. Sampaio disse...

Fantástico!

Visitas