segunda-feira, 16 de maio de 2011

Amores Brutos

Sete meses. Rasteiras do acaso, felicidades do acaso, acontecimentos e a falta deles, madrugadas adentro, dias trancada no apartamento frio, livros, rascunhos, encontros, telefonemas, esperas. Minha fraqueza, meu medo, desejo, amor, angústia, beleza, fome e minhas saudades viraram poesia. Sou humana. Nasceu prematuro, como tudo em mim. Gerei e pari meu bem e meu mal. Sou eu na estante em versos, explícita, nua, mulher, menina, animal, mãe, objeto.

O livro já está disponível para venda no site da Editora Patuá. O lançamento ocorre no início de junho aqui em São Paulo. Depois anuncio data, local e hora. Todos estão convidados.


Amor,

Mel.

8 comentários:

Mayara Almeida disse...

Que bacana! Então... "merda" pra vc nesse novo desafio!
Bjs.

Beatriz Fig disse...

Deve ser muito "louco" e emocionante parir um livro rs E também deve ser uma experiência única. Por isso fico feliz por você e torço para que venham mais "amores" por aí...

Beijoss

Juan Moravagine Carneiro disse...

Parabéns...

sempre em frente!

* * * disse...

- !
- ?
- !!

Walter Melo Filho disse...

Nossa, vc vai lançar um livro, q máximo, parabéns!

João Aranha disse...

Quero lê-lo, junto ao autógrafo da autora. Sucesso em verso, nunca inverso. Parabéns, querida! BeiJoão.

Marcelo Zorzeto disse...

Congrats!!!!! Que venham mais filhos.
BJo.

Drisph disse...

Virei fão, no primeiro olhar, rsss, identificação total contigo e com tua escrita; sonhos e tudo mais! Parabéns pelo livro; também tenho três, querendo nascer; só não sei para quando será... beijos e toneladas de sorte!

Visitas