quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Não escrevo para o homem que amo. Escrevo para todos os homens que possam me amar. Caibo nas tuas paixões mas jamais nos teus amores.

Visitas